A mitologia por trás de Dage the Evil! O Hades do AQW.

E Gaara

Boas galera, como estão? Desculpem novamente por ter falhado com vocês duas vezes já, mas muitas coisas aconteceram, tem o nosso projeto de atualizar os Guias, e do nada meu notebook da problema nos teclados… Mas hoje trago fielmente, um post da nossa série semanal -ou era para ser- falando desta vez do atual rei de Underworld, Dage the Evil. Eu como vocês sabem, sou Nation, mas, como um bom player, não posso deixar de acompanhar a história do Dage e por mais difícil que possa parecer, eu gosto dela, por um motivo, mitologia grega. Não entendeu? Vamos conversar um cadim?

Nova Barra Gaara

O criador do Dage The Evil, o Steven Griffin já assumiu e disse a todos que sua grande e maior inspiração foi Hades da mitologia Grega, mais especificamente o Hades da animação de Hércules do estúdio Walt Disney Picture, ao qual segundo Dage, fez grande parte de sua infância/adolescência, e creio que também fez parte da de muitos de vocês.

Não é preciso de um óculos para ver semelhanças, e Dage não apenas se inspirou em Hades apenas em seu lugar mais particular e acessado no AQW, Underworld, mas em diversos outros mapas que iremos ver ao decorrer do post. Em Hércules, este lugar onde está sendo mostrado, Hades usa para repousar e é onde fica a maior parte de seu tempo em Underworld, já no caso do Dage, não sabemos para o que serve, apenas sabemos que ao clicá-lo abre uma quest para a SoulForge Hammer que é necessário para abrir o merge Soul Forge, e pegar alguns itens Legion que estão lá. A representatividade pode ser de nós estarmos dando a nossa alma em troca de um item capaz de nos deixar mais poderosos, e neste lugar da imagem, pode ser o lar de nossos almas, onde ficam vagando pela eternidade ao poder de Dage.


Ilha de Fotia

Dando início a primeira saga oficial do Dage que começou em 2013, a Isle of Fotia. Começando claramente por Fotia, não temos muitas referências a alguma mitologia especifica, mas sim a praticamente todas em um modo geral. Como alguns já sabem, muitas religiões tem as mesmas entidades, com características semelhantes mas com nomes e trajes diferentes, e isto é o que ocorre em Fotia. As Femme Fatalities no AQW ou Femme Fatale na cultura geral, eram mulheres que desde os primórdios da mitologia seduzem homens e os enganam para roubar-lhes algo de muito valor ou algo que lhe foi dado pela missão. Como exemplos mitológicos temos as deusas Ishtar da mitologia suméria e a Dalila da mitologia cristã.

Ao terminar Fotia, conhecemos então a história passada de Dage, onde ele era um Rei a muitos anos atrás que governava Lore junto de sua Rainha. Entretando ele era um rei obsecado por poder perdendo assim o interesse em sua Rainha e em seu reinado. A Rainha, atordoada pelo seu amado marido Dage ter a deixado aos prantos, acabou se suicidando colocando sua alma ardente dentro de uma efígie, protegendo assim sua alma contra qualquer outro homem que a queira trair. E as mulheres devotas a Rainha, levou a alma dela congelada a Ilha de Fotia, onde ela descansa.


Under Realm

Under Realm, no AQW, é a primeira camada de entrada para o lar no Submundo, é a porta onde nós iremos começar a descer até a camada mais profunda desta vasta terra.

Esta entrada faz uma menção a Câmara do Hades no filme Hércules. Este lugar é onde Hades traça seus planos e da fim as almas, jogando-as ao profundo abismo da morte, onde iram agonizar pela eternidade. No AQW não há uma representatividade como a de Hades da Disney, mas também significa a entrada para o profundo Underworld. Nesta câmara estão sendo guardados por 9 monstros representados por sentimentos, onde temos, Grief (Aflição), Anxiety (Ansiedade), Disease (Doença), Old Age (Velhice), Fear (Medo), Hunger (Fome), Death (Morte), Agony (Agonia), and Sleep (Sono). Eles não tem nenhuma representatividade em nenhuma mitologia, são apenas guardiões da entrada de Underworld, do Sub Mundo, mas, se vocês notarem, são maus que assolam a sociedade, maus que pode ser considerados a doença do século, como neste século está sendo a Depressão e a Ansiedade. Estes seres são personificações do medo humano, daquilo que nós tememos e claramente um desafio enorme para quem irá enfrentá-los caso fosse um humano comum, o que não é o caso do Hero.


Styx

O Rio Styx talvez seja de todas as referências, uma das mais claras. O Rio Styx é um rio onde carrega as almas dos mortos ao Underworld, Sub Mundo, onde passaram o resto da eternidade. Mas não pensem que em Underworld repousa apenas almas más, não, almas boas e almas dos deuses também repousam ali, pois é em Underworld, onde temos os Campos Elíseos, um paraíso no inferno, onde somente almas boas e selecionadas pelos deuses, podem entrar, além de claro, os próprios deuses. Se você assistiu ao anime Cavaleiros do Zodiaco a Saga de Hades, deve com certeza ter visto os Campos Elíseos, onde Hades repousa, além das ninfas e outros seres puros de alma.

Mas, se sua alma for corrompida, você cairá no reino de Tártato, o lugar cujo recebe o carinhoso nome de Inferno, comandado por Tártaro, filho do Caos. O reino de Tártaro é responsável por punir almas onde em vida cometeram crimes, como exemplo temos o conhecido Sisyphus, homem que foi condenado a empurrar uma pedra ladeira a cima eternamente.

Continuando a seguir pelo Styx, encontramos então as Styx Hydra, cujo elas são menções as Hydras de Underworld -hail Hydra-, onde na mitologia, cortando uma cabeça, duas nascerão no lugar. Na mitologia, a Hydra era tão venenosa que apenas seu hálito bastava para que matassem os homens. No AQW, as Hydras não tem esta representatividade, fica apenas com o cargo de ter sido citada.

Chegando ao final do Rio Styx, nos deparamos claramente com o reino de Tártaro, como já disse acima, onde lá está repolsando uma criatura mitológica, o Cérberos. Cérberos é um cão com três cabeças que guardava por fim, a última porta para a entrada de Underworld, o reino dos mortos, deixando almas entrarem, e nunca saírem, e matando homem que por ali se aventuravam. No AQW, o Cerberus cumpre a mesma função, ele é o cão que guarda a entrada para o Sub Mundo, e um feroz ser mitológico, e o último ser que veremos pelo Rio Styx.


Judgement

Judgement não faz referencia a nenhum lugar de Underworld da Disney, mas sim, referencia direta aos 3 juízes do Submundo, o Rhadamanthys, Minos e o Aeacus. Estes são os semi-deuses dos julgamentos dos mortos. São eles quem irão julgar cada alma que virá do Rio Styx, dando o julgamento para os Campos Elísios ou ao reino de Tártaro. Os três eram mortais, humanos filho de Zeus com uma mulher, mesmo que sendo semi-deuses, não haviam poderes e viveram entre humanos. Depois de sua morte, Zeus os transformou em semi-deuses e os deram as posições de juízes do sub-mundo como regalia por ser seu filho. Rhadamanthys, era o homem quem julgava a Asia, Minos é o juiz do veredito final, e Aeacus era o detentor da chave de Hades e juiz dos homens da Europa. No AQW, apenas Aeacus tem a sua representação mitológica sendo feita, onde Aeacus é o último boss e juiz do jogo, tendo em sua sala, a entrada para a Fortaleza do Dage, a parte mais profunda de Underworld.


Dage Fortress

Por fim o último mapa da querida saga do passado de Dage, não tem praticamente nenhuma referencia, se não o monstro Grrrberus, uma referência novamente ao monstro mitológico Cérbero.


A Primeira História de Dage

Aqui no AQWBrasil, em 2011, o nosso amigo Parkour fez um post falando sobre a história do Dage segundo o próprio Dage, antes de existir Underworld, ou dele se tornar o Dage que conhecemos hoje. O post em que eu me dirijo, é este: https://aqworldsbrasil.wordpress.com/2011/02/20/dage-the-evil-9/

Neste post há a seguinte frase dita por Dage:

Na minha historia para Dage, Miltonius o bane para outra dimensão, para evitar que ele ( Dage ) se torne muito poderoso, até para ele, o próprio Miltonius. Dage, só fica na sua forma pura, no submundo mas mesmo assim, não deixa de ser poderoso, fora dele.

Dage nunca chegou a um poder tão forte como o de Miltonius, nem perto. Miltonius acabou com seu poder, antes de eles chegar perto de ser tão poderoso.

Se você viu as cutscenes da Evil War, a luta “final” entre Nulgath e Dage, você viu algo muit semelhante ao que o Dage falou em 2011, entretanto com os personagens e sentidos invertidos. Na Evil War, Nulgath foi quem acabou sendo banido para a dimensão de OverSoul por um traídor infiltrado na Nation, e Dage ficou em Lore comandando Underworld como o novo rei. Logicamente com o passar do ano a história mudou, mas não deixa de ser um fato de que na primeira história que Dage tinha para seu personagem junto com o personagem de seu mestre tanto no jogo quanto na vida (me refiro ao Milton ter sido “professor do Dage, ensinando ele a fazer os itens), era de que o Dage nunca superasse o Miltonius, hoje Nulgath, e o banisse para outro mundo.

Dage também, em 2011, respondendo a um player no Twitter, disse algo sobre o seu personagem e o personagem do Milton, o Nulgath, já na época eles haviam trocado o nome por questões de “copyright”.

Tradução: Neste modo, Nulgath representa o Diabo do cristianismo, e o Dage representa o Hades da mitologia grega.

A nova saga do Dage, o Dage’s Betrayal não tem nenhuma referencia a mitologia grega, mas conta um pouco a história inicial de como Dage foi expulso e “foi traído”, por Nulgath, assim como ele havia dito na sua primeira concepção da história dele com Miltonius na época.

Vale ressaltar também, que não somente as saga do Dage tem referencias, mas muito de seus itens fazem referencias claras a alguma seita ou a mitologia Grega. Como eu não sou da Legion, fica difícil para eu citar muitos ou a grande maioria, mas um que eu conheço até mesmo somente por causa de sua dificuldade é a armor Thanatos. Thanatos é um Deus da Morte, e muitas vezes fora representado com cabelos ou fumaça prateada.

Nova Barra Gaara

O post acaba por aqui meu povo. Peço desculpas novamente por ter falhado duas vezes, vou me esforçar para que não ocorra novamente. Vocês podem estar se perguntando, se eu sou Nation, porque eu comecei pelo Dage? Bem, mesmo eu não sendo Legion, eu gosto da história do Dage, e ele tem uma saga completa sobre ele, enquanto Nulgath infelizmente não tem, e resta apenas partes espalhadas, participações em outros mapas/sagas que não são dele. Farei algum dia o do Nulgath contando suas referencias e sua história, mas não vou dizer quando para não deixar vocês na expectativa de ser agora. Qualquer dúvida, crítica, sugestão ou se quiser fechar um pacto 69 comigo, deixem nos comentários. Abraços!

10 comentários sobre “A mitologia por trás de Dage the Evil! O Hades do AQW.

    • Ia espera o gaara posta algo envolvendo eu pra divilga meu twitter mais ta ai: @Zeref_Dragneell

      Ps:Eu n posto nd de bom la mais tai vlw flws

      Ps2:Serio o gaara vai posta algo tendo eu (opa dei um pequeno spoiler)

      Ps3: Me add na psn se tu tem play: Joaojpbc

      Ps4: pronto me divilguei(facebook e privado se quise vai te me manda nudes-q)

  1. Excelente post! Pesquisei bastante sobre isso na época da saga do Dage, pena que ela entrou em hiatus e só deve voltar ano que vem, adoraria saber o final dela.

    • Até hoje não me esqueço do mês em que o Artix teve que viajar e deixou o AQW na mão do Dage. Tivemos um mês inteiro de lançamento Legion e da saga dele. >.>
      Vareu

  2. Tem nada a ver com o post (alias, ta muito bom), só quero dizer que poderei postar o resumo depois da quinta.

Partilhe sua opinião conosco!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s