Vamos conversar sobre o fim do Flash?

Avatar E Gaara

Você com certeza já ouviu falar sobre o Flash. Um programa excelente que permite criações de animações, jogos, sites e diversas outras coisas em outros tipos de plataformas dando asas a imaginação nada é impossível com ele. Será mesmo? Com certeza isso foi uma revolução em 1999, mas e agora? Este é um dos primeiros posts que acompanharam uma sequência, ou seja, tendo continuidade no assunto em outra semana, precisando que se leia o primeiro, no caso este, para entender os outros. Uma série dentro da série. Vamos conversar um cadin? 

O Flash foi dado vida em 1999, pouco conhecido, mas já aclamado pelos designers e programadores da época. Desde então, o Flash teve alguns nomes, passou por algumas empresas aos quais foram compradas por outras e hoje está na mão da querida Macromedia desde 2005, data em que a Macromedia criou o Adobe Flash Player CS3, que foi a primeira vez na internet que a extensão SWF foi inserida. Se você já jogou AdventureQuest, você viu o design retrô e datado que ele tem, isso porque, o AdventureQuest foi feito em 2001, apenas três anos depois do primeiro protótipo do “Flash” ter saído, e por essa tacada, de ter criado um jogo em uma ferramenta nova e hypada, foi que a Artix Entertainment conseguiu um pouco de destaque como desenvolvedora Indie.


mihsgpk

Assim que o Flash foi criado, ele trouxe uma nova linguagem na programação, os AS, ActionScript. O AS foi uma linguagem mais desenvolvida e trabalhada pra ser aplicado em animações fazendo elas terem diversas variáveis constantes ou não, trazendo possibilidades infinitas, como o próprio nome diz, Ações Escritas. Tais ActionScript, hoje, tem para serem baixados prontos na internet, com a programação já feita, tendo apenas que você á aplique na sua animação e fazendo adaptações se necessários. Isso foi um revolução no cenário da animação. Após o passar dos anos, o software da Adobe foram evoluindo, melhorando a programação, excluindo tags que não seriam necessárias, simplificando ainda mais as linhas de códigos, para que as animações não ficassem pesadas.


Você deve achar que a linguagem nova de programação, o HTML5 é nova, mas pode ser mais velho do que você imagina. O visionário Steve Jobs, em 2008 apresentou ao mundo o protótipo do HTML5 e não foi muito bem aceita no mundo da programação, pois nessa data, o Flash ainda estava em seu auge, tendo milhões de usuários adepto a ele, e o HTML5 era apenas o cara excluído e revolucionário liberalista anarquista da escola, pois como tudo no mundo, “não se mexe em time que está ganhando”, e pelo comodismo dos mesmos, essa ideia foi esquecida por um tempo, o que não significou que ela foi descontinuada, pelo contrário, ela foi continuada pela equipe do Steve Jobs, sendo trabalhada e melhorada constantemente. Adiantamos o processo e já estamos em 2012. Neste ano, o HTML5 foi totalmente aceita e inserida na WWW (World Wide Web). O HTML5 trouxe contigo a possibilidade de se fazer animações por HTML, sem a necessidade de estar usando ActionScript para isso, usando uma linguagem de códigos criada, chamado de Canvas, que é uma linguagem usada para delimitar uma área de ação na animação e o SVG, que basicamente são gráficos vetoriais em XML para dar uma “imagem” ao vetorial animada, criada pela delimitação do Canvas.


As melhorias na linguagem de código do HTML5 para o HTML4 (versão antiga) é absurda. Muitas linhas de códigos foram descontinuadas e foram compactadas para não ocupar muito espaço e nem comer o tempo do coitado do programador, simplificando diversas tags (são códigos das programação por exemplo <html> </html>) para ficarem dinâmicas. Com esse monstro aceito na programação, hoje vejo muitos sites carregando rápidos, novas funções como os sites one page animados, como este site maravilhoso, http://flashvhtml.com/, sem a necessidade de fazê-lo pesar usando Flash. Hoje, o HTML5 está sendo muito requisitado para jogos, pois a sua plataforma de programação permite criar visar multiplataformas, ou seja, jogar por browsers diversos, tablet, smartphone etc. Nada diferente do que estamos vendo com o AQ3D, a diferença é que eles estão usando uma outra linguagem, o Unity, que diferente do Flash ainda é muito usado, embora a linguagem de programação e adaptações para multiplataformas sejam mais demoradas e difíceis do que o HTML5.


A partir deste ponto, o Flash começou a ser descontinuado. Em 2012 começaram a surgir diversas falhas de segurança no Flash, que permitiam roubo de dados das empresas e dos usuários. Essas falhas foram gravíssimas. Esta falha ocorria convertendo qualquer arquivo binário do Flash que fosse, transformando-o em um arquivo spybot capaz de adentrar pelo seu navegador e acessar os Cookies que são dados onde ficam armazenados informações suas como cartão, senha de sites, redes sociais e afins. Assim que essa falha foi descoberta a Adobe lançou imediatamente um patch para dar fix no problema, mas isso não foi suficiente para deixar os desenvolvedores e usuários do Flash Player calmos, acabou criando uma situação de pânico e emergência em todas as grandes desenvolvedoras, e uma delas logicamente foi a Google. A Adobe vem mostrando diversas falhas de segurança, falhas infinitas que não acabam mais, como exemplo o ano de 2015, onde foram encontradas mais de 300 falhas graves em um único ano. Desde então, vários navegadores foram descontinuados do Flash, o Mozilla já foi retirado, o Google implementou o HTML5 em seu código fonte, e chefe de segurança do Facebook também já disse que o Flash deveria ser descontinuado.


A Adobe em 2015 então, anunciou o fim do Flash, e a vinda do novo software de animação, a Adobe Animate CC, ao qual será usada como base de programação da animação o HTML5, mas ainda suportando os arquivos SWF de seu software passado. Essa ferramenta permitirá criar animações em 4k, resolução mais que HD já adotada pelo YouTube, mas não são todos os que conseguem trabalhar com ela, já que é pesada. Isto foi uma jogada de marketing já que devido as falhas, ninguém mais creditava no nome “Flash”, além de uma aceitação que seu software ultrapassado. A Adobe havia anunciado ano passado, que eles não dariam mais continuidade ao Flash Player para browser, e seria interrompido, não trazendo mais atualizações para o Flash, deixando com que as Falhas de Segurança se agravassem até que todos os desenvolvedores o abandonasse, mas parece que por alguma decisão, este post no blog oficial da Adobe foi deletado. O novo software de animação da Adobe, o Adobe Animate CC já está em circulação pelo site oficial dele, http://www.adobe.com/br/products/animate.html.


Finalizando o post finalmente, as falhas de seguranças em os bugs ocorrido desde 2012 vem sendo sentido pela equipe da Artix Entertainment, em todos os jogos, não somente no AQW. A AE fez sua história baseada no Flash, desde o advento do AdventureQuest, e é a base de programação de todos seus jogos. Com a descontinuidade do Adobe Flash Player, a AE será obrigada a fazer a portabilidade de todos os seus jogos para uma nova plataforma, o HTML5, ou criar o tão aclamado e pedido pelos players, Launcher. Com o Flash Player apresentando diversas falhas constantemente, bugando diariamente, os jogos programados na plataformas estão com os dias contados para o seu fim. O lado negativo disto, é que, essa portabilidade para HTML5 ou launcher, não é fácil, principalmente para uma equipe de programadores de 2 pessoas sendo Yorumi o cabeça, tomando as rédias e a frente nesse assunto fazendo praticamente tudo sozinho. Não ouso disser que a AE irá falir, mas ela poderá virar mais uma empresa indie desenvolvedora de games apenas para smartphone, assim como outras desenvolvedoras se transformaram.

barra

Então é isso amigos, a AE que não se cuide, ela pode perder muito mais do que vocês podem imaginar. Qualquer dica, tema, sugestão, roubar temas ou se quiser só falar o quanto eu sou sexy, escrevam nos comentários. Como já havia dito, este é um post que será acompanhado de uma outra série de posts dependente deste. Espero que gostem e que se sintam mais informados sobre o que de fato está acontecendo com o Flash. Fiquem bem.

 

Battle On!!!

29 comentários sobre “Vamos conversar sobre o fim do Flash?

  1. NEGATIVA PORRA UUUUUUUUUUUUURGH
    UUUUUUUUUUUUUUUUUURGHNEGATIVA NEGATIVA NEGATIVAPORRA O QUE NOIS QUER PORRATA SAINDO DA JAULA O MONSTRO PORRA pic.twitter.com/0xbJV8H6iw— ~Gaara (Yingjie) 愛 (@EGaaraAE) April 2, 2016

  2. bem q a AE poderia “contratar” player q realmente soubessem de programação para trabalhar nesta portabilidade, pagando-os com benefícios dentro dos próprios jogos, acho que assim apareceriam volumtarios

    • Programar não é algo fácil e demanda muito tempo e pesquisa. Quem é programador não trabalha voluntariamente, isso é impossível de acontecer. E a situação financeira da AE não está muito boa, ultimamente.

  3. Infelizmente o flash não conseguiu se manter, acredito que por falta de inovação, visto que outros programas estão sendo lançados que fazem sua mesma função, mas de forma leve e rápida. Como vimos apenas o AQW vai ter um rewrite completo, mas outros jogos como AQ e DF não, e eles não tem muitos programadores, esses jogos poderiam receber uma versão mobile. AE tem vários problemas pela frente, a falta de conteúdo do AQ3D, tem pessoas cobrando o AQ Guardian, mas o maior problema são vários jogos que a AE vem lançando, quando a maioria são cópias mal feitas de jogos que já são consagrados.

    • Não foi por falta de inovação, foi pela linguagem de programação ultrapassada e pelas constantes falhas de segurança, sem contar na memoria RAM que o Flash consome, que é um absurdo, diferente o HTML5 que não demanda muita RAM. Os problemas, só restam que eles concertem. Com voluntários é que não vão conseguir.

      • Com o dinheiro que eles ganharam era possível ter feito melhoras no seu sistema, o maior erro deles foi achar que o flash player seria eterno, hoje já até existem outras empresas que fazem o mesmo trabalho deles, ainda melhor e olha uqe nem precisei pesquisar muito.

  4. Bom post, eu realmente não entendo nada em programação de games ( apesar de querer fazer faculdade disto ) portanto não vou falar nada, melhor do que escrever alguma merda, mas valeu pela informação, tamo junto.

  5. então o aqw vai acabar? pq nos sabemos que os play’s de aqw não vão saber fazer esses esqueminhas ai pra jogar sla.

  6. Belo post,realmente a tecnologia esta evoluindo muito e com isso daremos adeus aos famosos jogos de plataformas da web,que eu gosto muito ;-;

    • Eles foram muito bom no começo da internet, quando os computadores potentes eram poucos acessíveis. Mas hoje a coisa está mudando. :x

Partilhe sua opinião conosco!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s